margin-top:300px; "A GLÓRIA DA SEGUNDA CASA..." POR THAIS FERREIRA: Novembro 2015

O deserto e a voz do diabo



Olá amados, tudo bem com vocês? =)

Final de ano, final de semestre e aquela correria toda rsrsrs

Hoje quero compartilhar uma experiência que tive e acredito que através dela muitos olhos serão abertos assim como o meu foi. Toda vez que venço uma batalha Deus me cobra para escrever rsrs

Todos nós temos diariamente lutas a serem vencidas, correto? Pois bem... Com o decorrer dos dias essas lutas parecem nunca ter fim, seja financeiro, familiar, sentimental e espiritual. E o tempo vai passando e nada da promessa de Deus se cumprir, você se analisa e vê que a sua consciência está limpa, nada te acusa e aquela sensação de que Deus virou as costas para você vem à tona, todos os dias é a mesma coisa você jejua, faz a leitura da bíblia, vigia com quem anda, vigia o que fala, está sempre em alerta, mas os seus ouvidos estão tapados para ouvir a voz de Deus e com isso quem entra? Exatamente o diabo!!!

Eu estava nesta situação, estava fazendo a minha parte com Deus mais a sensação de que minhas orações e suas orientações não chegavam até mim. E eu me perguntava do por que aquilo tudo estava ocorrendo? Me analisava e nada de resposta! No post anterior comentei que eu estava agoniada por dentro e que havia me humilhado a Deus e ele simplesmente disse “Faça o que tem que ser feito” e mesmo fazendo nada acontecia, eu estava sempre aos pés dele, tendo comunhão, mas parecia que só eu falava era como uma mulher que tem o desprezo do marido dentro da própria casa, parecia que Deus não me queria, era um silêncio gritante!!! 

Mais mesmo assim eu não queria parar, não queria voltar atrás, não queria desistir e falei para mim mesma “Eu vou plantar e os céus vai ter que fazer barulho” Foi aí que em uma determinada reunião de quarta-feira o Pastor falou sobre a voz do diabo, que o diabo quem coloca vozes de que os céus estavam em silêncio, que é o seu deserto, que uma hora Deus iria falar. Na hora me deu um estalo “CLAROOOOOO, SÓ PODIA SER ELE POIS ESTAVA MUITO QUIETO PARA MEU GOSTO” Se eu fosse esperar Deus me responder como o diabo queria, certamente esse post não seria escrito. 

E quando eu descobri a raiz do problema fui falar diretamente com o diabo e o que aconteceu? Houve na hora respostas dos céus, aquela “nuvem negra” que estava sobre a minha cabeça saiu e me senti leve e sabe por que eu consegui identificar a tempo? Por que eu não parei!!! Mesmo tudo indo contra, mesmo as sensações de que Deus havia se esquecido de mim eu não parei, falei pra mim mesma "Não tenho nada a perder, se for pra morrer que seja lutando."

Foi aí que comecei a lembrar que nos momentos dessas tribulações eu só ouvia uma única coisa de Deus “Me busca, não pare de buscar” e quando eu começava a ler a bíblia não conseguia ver que Deus estava me alertando na passagem quando o próprio Jesus foi levado ao deserto pelos anjos para ser tentado pelo diabo.

Agora entendo que Deus permitiu que o diabo me levasse a esse suposto deserto para ver como eu me comportaria se eu desistiria ou se continuasse buscando. 

Olha amados, eu sei que não é fácil a vida com Deus ainda mais quando tudo vai contra, mas você precisa identificar a raiz do problema e enfrentar a situação de frente, enquanto eu chorava, murmurava nada acontecia, no dia que eu usei a fé racional consegui identificar a fonte do problema e fui solucionar o problema resolveu!

E outra coisa, lembre-se sempre após o deserto sempre vem a terra prometida e o próprio Deus nos leva acompanhado de anjos!  

Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam. ”  Mateus 4:11


Na guerra,
Thais Ferreira

Favos de mel - Acomodação



Cada dia que passa aprendo mais e mais com Deus. Vou contar uma experiência que tive que com certeza ajudará alguém...

Como havia relatado em mensagens anteriores, tive um Encontro com Deus. Ocorre depois desse encontro comecei a pisar em favos de mel, comecei a não mais me esforçar como antes na verdade estava ‘’farta’’... Resultado.... Desânimo, sem forças, o diabo pintando e bordado e o pior de tudo isso... O silêncio de Deus!

Comecei a me questionar, questionar a Deus do por que aquilo estava acontecendo comigo... E a resposta que tive foi o SILÊNCIO!  Minha alma já estava começando a ficar agoniada diante de tudo aquilo, era uma agonia que parecia não ter fim. Depois de vários questionamentos comecei a raciocinar.... Tentar lembrar onde errei foi aí que me veio a resposta “Você está farta, não precisa mais de mim” duro ouvir isso de Deus né?

Pois bem, enquanto eu não suplicasse a Deus para tirar aquela agonia e prometer que voltaria a pratica das primeiras obras a agonia que estava em meu peito não iria sair... Me joguei no chão como uma criança e supliquei a misericórdia dele, estava em meio as lágrimas como quem quisesse o convencer se fazendo de coitada, quando ele duramente me repreendendo me disse “Para de chorar agora e faça o que tem que fazer” após isso me levantei e percebi que a agonia havia cessado.

Ainda continuo nesse deserto que eu mesma provoquei, claro sem agonia, mas o silêncio de Deus ainda reina e estou lutando para conquista-lo novamente, mas, contudo, pude aprender que NUNCA devemos parar de busca-lo mesmo que tenhamos alcançado “tudo” mesmo assim não alcançamos nada, pois no dia em que nos acharmos fartos e começar a pisar em favos de mel, certamente seremos arruinados!

Essa experiência me ensinou que para sempre vou ser dependente de Deus não importando a situação, a agonia que eu estava foi permitida por ele para me provar que não sou nada que não passo de pó!!! E de uma coisa é certa, a mão de Deus pesa e como pesa! Agora comecei novamente me ativar com meus propósitos de fé e creio que logo, logo conquistarei sua confiança.

“Recordar-te ás de todo o caminho pelo qual o SENHOR, teu Deus, te guiou no deserto estes quarenta anos, para te HUMILHAR, para te PROVAR, para saber o que estava no teu coração, se guardarias ou não os seus mandamentos” Deuteronômio 8:2

Na guerra,
Thais Ferreira